Buscar:

PINTURA ELETROSTÁTICA

Processo de pintura largamente utilizado na decoração e proteção do alumínio. Podendo ser líquida ou a pó.

 

É realizada em cabina de pintura e depois passa pela estufa. Através de pistola de ar comprimido de baixa pressão, dois eletrodos são ligados a pistola e esta a uma fonte de alta voltagem. Ao passar pela voltagem de mais ou menos 89 mil volts, o pó recebe uma carga positiva sofrendo uma atração eletromagnética, sendo atraído pela peça metálica aterrada.

 

Este processo de pintura oferece ao produto segurança de uma cobertura perfeita e uniforme compatíveis com produtos sofisticados e de alta tecnologia. Tanto a pintura líquida ou a pó apresenta tipos de tinta com características específicas para cada tipo de utilização, com uma gama variada de cores.

 

TIPOS DE TINTA:

 

D E S E M P E N H O EPOXI - Manisfesta resistência química e mecânica, indicada para peças internas não expostas a intempéries e radiações utravioleta. POLIÉSTER - Excelente resistência química e mecânica, indicada para ambientes externos. É a pintura mais utilizada na fabricação de esquadrias de alumínio

 

POLIURETANO - Excelente resistência química e mecânica, como a tinta a pó poliéster, mas resiste ao ataque de produtos como o etanol que ataca o poliéster.

 

POLIAMIDA OU NÁILON - Tem maior poder de resistência mecânica, fisica e química, é mais utilizada em peças de alumínio que sejam submetidas a rigorosas condições de trabalho, atrito e abrasão.

 

DICAS MAIS IMPORTANTES QUE VOCÊ DEVE SABER

 

Argamassas - No Poliéster Deve-se tomar o cuidado para retirar argamassa, não esfregando o lugar afetado, pois a areia irá atritar o alumínio pintado. Para limpeza deve-se ir jogando água e esfarelando com o dedo somente no lugar afetado.

 

Respingos de Tinta Látex - No Poliéster Retirar com um tecido (flanela), umedecida com álcool não podendo em hipótese alguma utilizar outros solventes, tais como: thiner, acetona, etc. Atenção: não utilizar o álcool como produto de limpeza, usa-lo somente para os respingos de tinta látex.

 

Fitas Adesivas:

As fitas adesivas são um bom meio de proteção, porém deve-se ter o cuidado quanto a escolha, pois algumas não garantem resistência relacionada aos raios solares, no sentido de não aderirem em demasia ou ressecar sobre as peças pintadas, até a época de sua remoção.

 

Fatores Ambientais Luz Ultravioletas em zonas marítimas é maior devido a umidade do ar. Nas zonas costeiras, a degradação do filme de poliéster é proporcional ao descoloramento da cor. Atmosféra Salina (o sal do mar é muito corrosivo) afeta sobremaneira os substratos ferrosos e não ferrosos. Erosão devido a combinação de ventos e detritos do litoral, produz uma força capaz de afetar a camada de poliéster.

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Nome: E-mail:
Saiba Mais
   

Atelier Esquadrias de alumínio e Vidros - Av. João Samaha, 1.048 - S. J. Batista - BHTE/MG - Cep 31520 100 - (31) 3879-8003 (31) 3082-8864

Email: aatelier2004@gmail.com